Meliá Hotels administrará três hotéis em Marrocos

fev 11, 2014 Comente por Public First Class

Anasshouir Alami, presidente do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento (SDS) e Gabriel Escarrer, vice-presidente e CEO da Meliá Hotels International, assinaram em Rabat um contrato em que a hoteleira administrará as três novas propriedades que serão desenvolvidas no destino turístico de Saidia Med.

SDS é uma filial do importante grupo marroquino CDG, em associação com o Fundo Marroquino para o Desenvolvimento Turístico. Segundo a declaração do presidente do grupo durante o ato de ratificação do acordo, “a escolha da Meliá como operadora dos novos hotéis de luxo é baseada em sua liderança e experiência internacional no segmento de turismo de lazer e férias, que serão chaves para o desenvolvimento e o êxito de Saidia Med, bem como a sua capacidade de diversificação do produto para melhorar sua segmentação e o atrativo do destino”.

Assim, o complexo administrado pela Meliá se soma às propriedades hoteleiras operadas por grandes cadeias internacionais que possuem a CDG em comando no Marrocos, com mais de 8.000 leitos em operação e mais de 5.300 em desenvolvimento, e representará a inclusão de 736 novos apartamentos ao destino, em distintas modalidades.

O projeto é composto por três hotéis de características diferenciadas, compartilhando a mesma marca Meliá Hotels & Resorts como definição de seus atributos e sua excelência, sendo todos eles na categoria cinco estrelas:

1) Um Beach Hotel, empreendimento de primeira linha em litoral, ocupa uma excepcional parcela entre o campo de golfe e o mar, com 396 apartamentos, Spa e Centro de Convenções, além de 4 restaurantes e 3 bares, um kid’s club e um extraordinário clube de praia. Como indicam seus promotores, o hotel representa um investimento de 440 milhões de Dirhams (39,2m?) e abrirá suas portas em 2016.

2) Um Club Hotel para famílias com vista para o campo de golfe e 150 espaçosos apartamentos destinados ao lazer familiar do turismo nacional marroquino e internacional, especialmente orientado ao golfe para os adultos e dotado de espaços de jogo e piscinas para os mais jovens. O investimento operacional em 2016 está calculado em 200 milhões de Dirhams (17,8m?)

3) Em terceiro lugar, um conjunto de apartamentos turísticos de luxo, em condomínio com o Beach Hotel e compartilhando as excepcionais vistas de primeira linha de mar; com 190 apartamentos totalmente equipados para complementar a oferta do destino Saidi Med, no qual serão investidos 300 milhões de Dirhams (26,7m?) e será aberto em 2017.

O vice-presidente e CEO da Meliá Hotels International, Gabriel Escarrer agradeceu a confiança dos promotores do projeto e destacou a importância de incorporar novos destinos de alto potencial à oferta hoteleira internacional de luxo: ” observamos uma crescente demanda de qualidade que busca uma experiência exclusiva e única como a que nossa marca Meliá pode oferecer, graças aos seus atributos únicos e sua cultura de serviço. A experiência de quase 60 anos da Meliá e nossa liderança consolidada no segmento de lazer oferecem as melhores garantias para o desenvolvimento deste espetacular destino”.

A incorporação destes três hotéis representa a entrada da Meliá no mercado marroquino, enfatizando a confiança da primeira hoteleira espanhola com presença e liderança nos principais destinos de turismo de lazer do mundo, no potencial e nos valores deste belo destino no nordeste da costa do Marrocos.

Hotelaria, Slideshow

Sobre o Autor

O autor ainda não adicionou nenhuma informação ao seu perfil
Nenhuma resposta para “Meliá Hotels administrará três hotéis em Marrocos”

Deixe uma Resposta