Carlos Ferreirinha: mundo virá ao Brasil em busca de aprendizagem

mai 24, 2011 Comente por Public First Class

Primeiro a subir aos palcos no Atualuxo 2011, o presidente da MCF Consultoria e idealizador do evento, Carlos Ferreirinha, foi enfático na sua análise sobre o mercado de luxo atual. “É inegável que enfretamos novos comportamentos de consumo. As barreiras foram quebradas. O luxo foi democratizado, não ficou popularizado”, argumentou Ferreirinha na manhã dessa terça-feira (24), na abertura do evento. Neste novo cenário, Ferreirinha destacou que o mundo virá ao Brasil em busca de know-how, principalmente no setor de serviços. “Nós humanizamos o atendimento no Brasil e isso transforma a mão de obra brasileira em um serviço único.”
 
Hoje, de acordo com Ferreirinha, o luxo é uma inspiração para realização de negócios, pois, cada vez mais, bancos, montadoras e redes hoteleiras estão oferecendo serviços premium, mesmo não sendo esse seu público alvo principal. “Outro exemplo é no supermercado. Podemos ver na prateleira, cada vez mais, uma gama de produtos premium. Muitos aproveitam o conceito como marketing. Outros realmente melhoraram seus serviços em busca da excelência.”
 
Isso cria, segundo o palestrante, um novo código do consumidor que deve ser reformulado pela gestão de luxo. As marcas de luxo devem, segundo ele, aprimorar seus atributos em busca de algo genuíno e exclusivo. ”A democratização do luxo não retira o compromisso com a excelência. Esse compromisso é imperativo. Os serviços devem buscar criteriosamente a excelência agora.”
 
Para o idealizador do evento, o Brasil se tornou crucial para as marcas. “E não é só isso. O Brasil do luxo se tornou o Brasil das marcas de luxo brasileiras.” Segundo ele, as marcas de luxo estão atentas ao mercado brasileiro e já consideram o Brasil como um mercado relevante.

Para saber em tempo real tudo o que acontece no Atualuxo, curta página da Public First Class no Facebook.

Eventos, Slideshow

Sobre o Autor

O autor ainda não adicionou nenhuma informação ao seu perfil
Nenhuma resposta para “Carlos Ferreirinha: mundo virá ao Brasil em busca de aprendizagem”

Deixe uma Resposta